Procurando a beleza nos ingredientes naturais

No dia a dia é mais fácil usar ingredientes industrializados, mas que tal prestar mais atenção nas opções naturais que podem estar na geladeira?

Grande amigo da reeducação alimentar, o pepino é importante fonte de nutrientes e ajuda a reduzir o peso / GB Imagem

O assunto “beleza” interessa mulheres e homens, mas falando com as mulheres, vocês conseguem imaginar o mundo sem os cremes hidratantes, esfoliantes, rejuvenescedores, acrescidos de uma infinidade de ácidos e de outros ingredientes identificados apenas por sigla, ou três ou quatro letras juntas, que fazem verdadeiras maravilhas na pele e um bem danado a autoestima? E viver sem os maravilhosos itens de maquiagem? Impossível, né! As mulheres teriam que nascer de novo!

O nosso foco é beleza, mas a verdade é que a humanidade toda é escrava da tecnologia, escrava da modernidade. Ninguém é imune ao ritmo desenfreado que o mundo tem avançado e a pergunta: “onde e quando vamos parar?” é inevitável.

Por isso, um exercício salutar é nunca perder o foco e não se deixar levar demais pelas novidades. Saber dosar e também ter bom senso na hora de cuidar da aparência. Que atire a primeira pedra aquela que não tem dois ou três potinhos de creme que comprou porque foi convencida pela propaganda e, na prática, viu que não era bem assim. Gastou um dinheiro que poderia ser aproveitado melhor e o cosmético ocupa lugar e ainda não foi para o lixo porque você ainda tem a esperança de que poderá ser útil, um dia.

Que tal visitar o passado e resgatar alguns segredinhos de beleza? Alguém ainda se lembra quando o pepino revolucionou os tratamentos faciais?  As máscaras plásticas de pepino são refrescantes, quando foram lançadas provocaram frisson na mulherada porque a sensação é que todas as impurezas eram retiradas à medida que a película era puxada da face.

O tempo passou e o pepino foi caindo no esquecimento, outras novidades apareceram, mas ele continua sendo o mesmo, ou seja, faz um bem enorme à pele e ao organismo. Assim, vamos resgatar este “miraculoso legume” e dar-lhe um lugar de destaque no nosso ritual diário.

Vamos lembrar algumas de suas propriedades. O pepino é um diurético natural por isso ajuda no bom funcionamento dos rins; é rico em potássio que é importante na sustentação dos músculos e dá elasticidade às células; você já lembrou que isso vai ajudar a retardar o envelhecimento facial.  Além disso, tem vitamina A, B, C e K, cálcio, ferro, silício e fósforo e é considerado um alimento estimulante.

Na alimentação, deve ser bem lavado e consumido com casca. Geralmente servido em salada, deve ser temperado na hora e de preferência somente com sal a fim de não perder as suas propriedades naturais.

O pepino também é o queridinho das dietas e vai muito bem no suco. Basta bater um pepino com casca no liquidificador juntamente com o suco de sua preferência, junte muito gelo e perfume com limão ou hortelã. Prepare um litro de suco logo cedo e vá consumindo ao longo do dia. Tanto faz o tipo de pepino, fica melhor se depois de batido, você coar o suco para eliminar o excesso de fibras. A promessa é que os efeitos positivos logo serão sentidos nas unhas, na pele e nos cabelos.

O pepino também é útil nas máscaras faciais. Corte um pepino em fatias finas e amasse como se faz com limão na caipirinha, coe e adicione 2 colheres rasas de açúcar, misture bem e aplique no rosto. Deixe agir durante 20 minutos e enxague em bastante água. O resultado é pele lisinha e clareada. Em tempo, na hora de aplique suavemente, lembrando que o açúcar tem ação abrasiva.

O suco de pepino também é um excelente hidratante para as mãos e outras partes do corpo, tendo ação rejuvenescedora e clareadora.

Outra prática esquecida é usar as rodelas de pepino para se livrar das olheiras causadas pelo cansaço. Basta fatiar o legume (se estiver gelado, melhor) e colocar as fatias sobre os olhos fechados. Deitar-se e deixar agir durante 20 minutos.

Você viu quanta injustiça é dizermos “Que pepino!” quando alguma coisa não vai bem?

O pepino é um grande aliado da saúde e da beleza. Além de usá-lo “in natura”, tem ainda no mercado os cremes à base de pepino, muitas vezes injustiçados porque são vendidos a preços populares, mas nem por isso ineficazes.

Geralmente são encontrados em farmácias, supermercados e em lojas de cosméticos dos grandes centros.

Vale experimentar.

Leia Também

A beleza ao alcance do garfo

Acredite, você pode diminuir a ação dos radicais livres mudando os hábitos alimentares  Combater os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *