O corpo todo merece atenção de uma só vez!

O rosto é sempre o mais lembrado quando o assunto é prevenção contra os males que o Inverno causa à pele. Capriche na hidratação e use o protetor solar sempre, faça frio ou calor / GB Imagem

A pele é um dos mais importantes órgãos do ser humano; cuide dela

Não tem como escapar. No Inverno, a temperatura abaixa um pouco em algumas regiões do País e muito em outras, afinal o Brasil é um País continental e nem sempre quando está frio num lugar, está no outro também, mas o importante é saber que mesmo com a temperatura um pouco mais alta, ou um pouco mais baixa, o importante é cuidar da pele de todo o corpo, afinal, o Inverno traz consigo problemas de ressecamento e coceira na pele, cabelos rebeldes; problemas nas unhas etc, etc.

Por isso, mesmo que tenha o hábito de não descuidar do corpo, é preciso intensificar os cuidados com a hidratação do corpo todo. Beleza e saúde andam de mãos dadas.

Vamos começar pelos pés. As pessoas que têm a pele do calcanhar mais espessa são as maiores vítimas do frio; quanto mais seca a pele, maior a tendência à “rachaduras”, que são pequenas fissuras que comprometem a beleza dos pés e servem como porta de entrada de bactérias no organismo. A hidratação diária (durante o ano todo!) ajuda a evitar o problema, mas se as fissuras estão instaladas, invista em produtos que contenham ureia, ácido glicólico e lactato de amônia.

Na hora do banho a opção é água mais quente, daí é melhor escolher sabonetes com ingredientes umectantes e, logo após, passar uma camada generosa de hidratante em todo o corpo.

Com o frio, a pele fica mais sensível e por isso é comum o aparecimento de eczemas, principalmente nas mãos. A sensibilidade fica maior, por isso na hora de se dedicar às tarefas domésticas, usar luvas é o recomendado. Dica: use uma luva de algodão (encontradas em lojas de produtos cirúrgicos) e por cima a luva de látex. O algodão absorve a transpiração e a pele ganha proteção extra. Vale explicar: a luva é confeccionada em algodão fino, diferente das luvas de algodão grossas usadas para múltiplas tarefas.

Outra manifestação comum no frio é a dermatite seborreica que pode aparecer no couro cabeludo, dobras da pele, nas costas ou no peito, na barba e nas sobrancelhas, essas áreas ficam vermelhas, coçam muito e descamam. Os cabelos tendem a apresentar couro cabeludo oleoso e pontas ressecadas. Nesses casos, uma visita ao dermatologista é recomendada para tratamento adequado. No consultório são disponibilizados tratamentos a laser, radiofrequência microagulhada e infusão de medicamentos na pele.

E o rosto? Também não escapa dos efeitos da baixa temperatura. Primeiro não deixe de usar o bom amigo protetor solar e é bom caprichar na hidratação, seguindo sempre as recomendações para o seu tipo de pele. No rosto tem muitas glândulas sebáceas e a pele é mais fina, por isso que cada caso é um caso e precisa de produtos específicos para não ocorrer à obstrução dos poros.

Os lábios também ficam mais ressecados então invista em hidratantes labiais e cremes específicos que podem ser usados em qualquer momento do dia, preferencialmente que contenham FPS.

As mulheres têm os hábitos de hidratação incorporados em sua rotina, mas os problemas causados na pele pelas baixas temperaturas afetam também os homens, idosos, crianças e bebês, por isso é preciso atenção para com a família toda. Os bebês, as crianças e os idosos necessitam de produtos adequados e para os homens mais conservadores existem opções de hidratantes sem perfume e protetores labiais imperceptíveis.

E falar sempre, e de novo, não custa nada: o protetor solar é para todos, em qualquer época do ano.

 

Leia Também

Churchill

Inglaterra, 1944, em plena Segunda Guerra Mundial. Às vésperas da realização da Operação Overlord, quando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *