MP apura se servidores cedidos à Câmara de Araruama trabalham

Cerca de 65 funcionários efetivos da Prefeitura estariam à serviço de vereadores

Quantos funcionários da Prefeitura de Araruama estão à disposição da Câmara de Vereadores, que funções exercem, em quais gabinetes estão lotados e quantos dias efetivamente trabalham. É que o Ministério Público quer saber e para isso agentes do Grupo de Apoio aos Promotores (GAP) estiveram na sede do Poder Legislativo, onde não existe um consultório, mas teria por lá até um médico à disposição, bem como um engenheiro. Os agentes estiveram em vários setores com uma lista de nomes. Além dos cedidos, entre funcionários e assessores, a Casa tem cerca de 100 pessoas na folha de pagamento. O presidente da Câmara, Carlos Alberto Siqueira da Silva (foto), o Russo, não foi encontrado para falar sobre o assunto.

Leia Também

Nova pesquisa mostra Marcelino liderando disputa em Rio das Ostras

Consulta mostra ampla diferença tanto na espontânea como na estimulada Registrada na Justiça Eleitoral com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *