Confederação é condenada por receber repasses irregulares de Araruama na gestão de Chiquinho

A Confederação Nacional de Municípios terá que devolver R$ 383.790,00 à Prefeitura de Araruama, valor correspondente a repasses indevidos recebidos durante as duas gestões do prefeito Francisco Carlos Fernandes Ribeiro, o Chiquinho da Educação, que governou a cidade de 1º de janeiro de 2003 a 31 de dezembro de 2008. Decisão neste sentido havia sido tomada em 2006 pelo Juizo da Vara Cível local e foi confirmada agora pelos desembargadores da 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, que julgou recurso impetrado pela entidade, que, em sua defesa, alegou ter recebido de R$ 99 mil recebidos a título de contribuição associativa e os R$ 284 mil por serviços prestados. A Justiça destacou não haver lei municipal autorizando o repasse e que a instituição não comprovado a prestação dos serviços alegados.

Ex-prefeito Francisco Carlos Fernandes Ribeiro

Leia Também

Justiça manda Araruama atualiza corretamente o Portal da Transparência do município em 60 dias

O Ministério Público Federal (MPF)  obteve sentença favorável em ação civil pública para que a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *